Liberdade da Alma

Liberdade da AlmaEntão surgiam mais dúvidas e indecisões
E elas se tornavam cada vez mais frequentes
Faziam aquela garota estacionar no tempo
E, ainda assim, seguir novas direções

De repente, estava andando sem rumo
Buscando um destino que havia perdido
Sentindo-se livre naquela longa estrada
E, a cada passo, criava uma nova história

Talvez ela não pudesse escolher o que veria
Mas escolheu ver a solidão deixada para trás
Talvez ela não pudesse controlar o que sentiria
E perdeu o controle da liberdade da sua alma

Em um dia de sol, conquistou um lindo sorriso
Ele se espalhava como uma leve brisa de verão
Brilhava sob as noites escuras, frias e tristes
Foi quando chegou até mim… e pude notá-lo

Talvez eu tenha resgatado uma fase anuviada
Em que ela abandonou há algum tempo
Mas eu precisava encontrar aquele sorriso
E perder o controle da liberdade da minha alma

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s