O Horizonte

O Horizonte

Você habitou a minha história e me fez voar
Voar como aquela pequena borboleta de asas brancas
Ela não tinha medo, voava próximo aos nossos pés
E sentia-se livre… assim como nós

 Você entrou em meus sonhos e caminhou comigo
Caminhou sobre a vasta grama verde
Sentiu o vento, ouviu os pássaros
E sentíamos alguém a nos observar do alto

Você, de forma suave, tocou as minhas mãos
Naquele momento, também tocou o meu coração
Com as mãos unidas, fechamos nossos olhos
E o céu, mesmo distante, tocava o nosso lugar

Você, por várias vezes, sentiu o silêncio
E, através dele, sentíamos que estávamos crescendo
Corríamos… entregávamos o controle de nossas ações
Sonhávamos… queríamos ir até o fim

Eu observava seu olhar, seu sorriso e o horizonte
Ele sabia que, um dia, estaríamos ali
Ele abrirá suas preciosas reservas, o céu
E nos dará, no nosso tempo, a chuva que tanto esperamos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s