Retorno de um Anjo (5)

A medida que a distância se tornava maior, a saudade aumentava sua tristeza. Fazia muito calor, já não sabia mais onde estava, sentiu-se perdido. Depois de horas andando sem descansar, resolve parar um pouco. Olhou para trás, a sua vida já não pertencia a mais nenhum lugar. Continuou andando, foi procurar algo para se alimentar com o pouco dinheiro que tinha.

Entrou em uma lanchonete, lanchou rapidamente e saiu. De repente vê uma imagem estranha a sua frente, do outro lado da rua. Estava meio embaçada, mas parecia olhar fixamente em sua direção. Esfregou os olhos, a imagem havia sumido, resolveu atravessar a rua só por curiosidade. Estava em um beco mal iluminado, andou até o fim, não havia saída. Foi quando olhou para cima e sentiu ser encoberto por sombras, não viu mais nada.

Estava deitado no chão. Levantou-se meio tonto, não sabia o que havia acontecido. Viu um pequeno pedaço de papel no chão, resolveu pegar. “Do alto eu surgirei novamente…” era o que estava escrito. Não entendeu aquilo, guardou o pedaço de papel no bolso, pegou sua mochila e saiu dali. Já era noite, ficou admirado com o tempo que esteve apagado. Sua cabeça doía, não sabia onde passaria a noite, apenas andava pelas ruas escuras, pensava no que estava acontecendo. Parou perto de uma casa diferente das outras daquele lugar, não sabia como, mas tinha uma lembrança daquela casa em sua cabeça. Parecia vazia, o portão estava aberto. Estava tudo escuro, seria assustador, mas o seu pensamento o levou para dentro da casa, ali passaria a noite.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s