Crônicas

Vida

Por várias vezes, eu tentei imaginar a imensidão da criação. Por várias vezes, eu tentei imaginar como foi me conceder a vida. O Senhor me deu a vida quando tudo criou, deu-me a vida quando morreu naquela Cruz e continua a soprar a vida em mim todos os dias… e eu O sinto.

Talvez eu não conseguirei imaginar o quão grandiosa é a minha vida diante de quão pequeno me vejo neste mundo. Talvez o Senhor nos dá a oportunidade de imaginar quando Se faz pequeno e Se põe diante de nós. Talvez… são incertezas da certeza do Seu amor.

O Senhor nos cria e nos permite criar quando nos reveste com o Seu poder. Sentir-me parte da Sua criação me faz não apenas sonhar com a Sua grandeza, mas entrar na imensidão da Sua realidade… é nela onde eu quero viver.

Por vezes pergunto-me como ganhar a vida perdendo-a. Pergunto-me se serei capaz de entender alguns dos Seus mistérios. Mas, enquanto não entendo com precisão, preciso perdê-la pelo Senhor assim como perdeu por mim mesmo diante das minhas misérias.

Eu faço parte da Sua vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.